Missão Ortodoxa da Proteção da Mãe de Deus
Igreja Ortodoxa Russa - Patriarcado de Moscou
Diocese da Argentina, Brasil e América do Sul
/
Típicos Vigésimo Primeiro Domingo após o Pentecostes - São Longuinho, O Centurião

 

TÍPICOS (Vigésimo Primeiro Domingo após o Pentecostes – São Longuinho, o Centurião

Pelas orações dos nossos santos padres, Senhor Jesus Cristo, nosso Deus, tem piedade de nós. Amém

Glória a Ti, ó Nosso Deus, glória a Ti!

Rei dos Céus, Consolador, Espírito de Verdade, Tu que estás presente em tudo e enches tudo. Tesouro de Bens e Doador da Vida. Vem e habita em nós, purifica-nos de toda mácula e salva, ó Bondoso, as nossas almas.

Santo Deus, Santo Forte, Santo Imortal, tem piedade de nós. (3x)

Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo, e agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.

Santíssima Trindade, tem piedade de nós; Senhor, purifica-nos dos nossos pecados; Mestre perdoa-nos as nossas iniquidades; Santo, cura, pelo Teu nome, as nossas enfermidades e visita-nos.

 

Senhor, tem piedade. (3x)

 

Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo, e agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.

Pai nosso, que estás nos Céus, Santificado seja o Teu nome, venha o Teu Reino, seja feita a Tua vontade, como no Céu assim na terra. O Pão nosso de cada dia dá-nos hoje, perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores, e não nos conduzas à tentação, mas livra-nos do maligno.

 

Senhor, tem piedade.(12x)

 

Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo, e agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém

Vinde, adoremos ao Rei nosso Deus.

Vinde, adoremos e prostremo-nos diante de Cristo, Rei nosso Deus.

Vinde, adoremos e prostremo-nos diante do próprio Cristo, Rei e Deus nosso.

 

Primeira Antífona (Salmo 102)

 

Bendiz, minha alma, ao Senhor, /Tu és bendito Senhor.

Bendiz, minha alma, ao Senhor /e que tudo que em mim existe/ bendiga o Seu o santo nome.

Bendiz, minha alma, ao Senhor / e não esqueças nenhum dos Seus benefícios.

É Ele que perdoa todas as tuas iniquidades/ e cura todas as tuas enfermidades.

Quem resgata a tua vida da corrupção / e te coroa de benignidade e de misericórdia. /

Quem sacia de bens o teu desejo / de sorte que a tua mocidade se renove como a águia.

O Senhor é cheio de compaixão e de misericórdia / é magnânimo e misericordioso.

Bendiz, minha alma, ao Senhor / e que tudo que em mim existe /bendiga o Seu o santo nome. // Tu és bendito Senhor.

 

Segunda Antífona (Salmo 145)



Louva, ó minha alma, ao Senhor. / Louvarei ao Senhor durante a minha vida/ cantarei louvores ao meu Deus enquanto viver.

Não confieis em príncipes nem em filhos de homens, / em quem não há salvação.

Sai-lhes o espírito, e eles tornam ao seu pó;/ nesse mesmo dia, perecerão os seus pensamentos.

Bem-aventurado aquele cujo auxílio é o Deus de Jacob / e cuja esperança está posta no Senhor, seu Deus.

Que fez os céus e a terra,/ o mar e tudo quanto há neles.

E que guarda a verdade para sempre; / que faz justiça aos oprimidos; / que alimenta os famintos. /

O Senhor liberta os cativos; / o Senhor dá sabedoria aos cegos; / o Senhor levanta os abatidos; / o Senhor ama os justos. /

O Senhor protege os estrangeiros; / ampara o órfão e a viúva, / Ele destruirá o caminho dos pecadores. /

O Senhor reinará eternamente; // o teu Deus, ó Sião, de geração em geração.

 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, e agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.

 

Hino de São Justiniano

 

Ó Filho Unigênito, Verbo de Deus, que embora imortal concedeste para a nossa salvação encarnar no seio da Santíssima Mãe de Deus e sempre Virgem Maria, e te tornaste homem sem sofrer alteração, foste crucificado, Cristo Deus, vencendo a morte com a Tua morte, Tu que fazes parte da Trindade Santíssima e És glorificado com o Pai e o Espirito Santo, salva-nos.

 

Terceira Antífona

(As Bem-Aventuranças)

 

No Teu Reino, lembra-te de nós, Senhor,/ quando entrares no Teu reino.

Bem-aventurados os pobres de espírito,/ porque deles é o Reino dos Céus.

Bem-aventurados os que choram, / porque eles serão consolados;

Bem-aventurados os mansos, / porque eles herdarão a terra;

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, / porque eles serão saciados;

Bem-aventurados os misericordiosos, / porque eles alcançarão misericórdia;

Bem-aventurados os puros de coração, / porque eles verão a Deus;

Bem-aventurados os pacificadores, / porque eles serão chamados filhos de Deus;

Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, / porque deles é o reino dos céus;

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem / e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.

Exultai e alegrai-vos,/ porque grande é a vossa recompensa nos céus.

 

Hino de Entrada

 

Vinde, adoremos e prostremo-nos, diante de Cristo. Salva-nos, ó Filho de Deus, que ressuscitaste dentre os mortos, a nós que Te cantamos: Aleluia.

 

Tropários

 

Tropário da Ressurreição Tom IV

As santas mulheres discípulas do Senhor, / recebendo do Anjo a boa-nova da Ressurreição / correram orgulhosas / dizer aos Apóstolos: / “a morte está vencida, / pois Cristo nosso Deus ressuscitou, // concedendo ao mundo a Sua infinita misericórdia”.



Tropário São Longuinho, tom 4

O Teu mártir Longuinho, Ó Senhor, em seu sofrimento recebeu uma coroa eterna de Ti , nosso Deus, e pela Tua força , destruiu os torturadores e esmagou a audácia dos demônios, pelas suas súplicas, salva as nossas almas


Triságion

 

Santo Deus, Santo Forte, Santo Imortal, tem piedade de nós (3x).

Glória ao Pai,e ao Filho e ao Espírito Santo, agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém. Santo Imortal, tem piedade de nós.

Santo Deus, Santo Forte Santo Imortal, tem piedade de nós.

 

Prokímenon

 

Leitor: Prokimenon no Tom Quarto: O, Senhor, quão admiráveis são as Tuas obras! / Feitas, todas, com sabedoria

 

Coro: Repete o prokimenon.

 

Leitor: Bendiz ó minha alma ao Senhor, Senhor meu Deus, Tu és infinitamente grande

 

Coro: O, Senhor, quão admiráveis as Tuas obras! / Feitas, todas, com sabedoria

 

Leitor: No tom Sétimo: O justo se alegrará no Senho, /e confiará Nele


Coro: O justo se alegrará no Senho, /e confiará Nele

 

Leitura da Epístola

 

Leitor: Leitura da Epístola do Santo Apóstolo Paulo aos Gálatas

(Gal. 2:16-20)

 

Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada.

Pois, se nós, que procuramos ser justificados em Cristo, nós mesmos também somos achados pecadores, é porventura Cristo ministro do pecado? De maneira nenhuma.

Porque, se torno a edificar aquilo que destruí, constituo-me a mim mesmo transgressor.

Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus.

Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim

 

II Timóteo 2:1-10

 

Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.

E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.

Tu pois, sofre as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.

Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.

E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente.

O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos.

Considera o que digo, e o Senhor te dê entendimento em tudo.

Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dentre os mortos, segundo o meu evangelho;

Por isso sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa.

Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus com glória eterna.

Aleluia

 

Leitor: Aleluia no Tom Quarto: Avance, prospere e reine pela causa da verdade, da mansidão e da justiça.

Coro: Aleluia! Aleluia! Aleluia!

 

Leitor: Tu amaste a justiça e odiaste a impiedade.


Coro: Aleluia! Aleluia! Aleluia!

 

Leitor : O justo florescerá como a palmeira; crescerá como o cedro do Líbano


Coro: Aleluia! Aleluia! Aleluia!


Evangelho

 

Leitor.: Leitura do Santo Evangelho segundo o Apóstolo e Evangelista São Lucas (Lucas 8:5-15)

 

Todos: Glória a Ti, Senhor, glória a Ti.

 

Um semeador saiu a semear a sua semente e, quando semeava, caiu alguma junto do caminho, e foi pisada, e as aves do céu a comeram;

E outra caiu sobre pedra e, nascida, secou-se, pois que não tinha umidade;

E outra caiu entre espinhos e crescendo com ela os espinhos, a sufocaram;

E outra caiu em boa terra, e, nascida, produziu fruto, a cento por um. Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

E os seus discípulos o interrogaram, dizendo: Que parábola é esta?

E ele disse: A vós vos é dado conhecer os mistérios do reino de Deus, mas aos outros por parábolas, para que vendo, não vejam, e ouvindo, não entendam.

Esta é, pois, a parábola: A semente é a palavra de Deus;

E os que estão junto do caminho, estes são os que ouvem; depois vem o diabo, e tira-lhes do coração a palavra, para que não se salvem, crendo;

E os que estão sobre pedra, estes são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como não têm raiz, apenas crêem por algum tempo, e no tempo da tentação se desviam;

E a que caiu entre espinhos, esses são os que ouviram e, indo pordiante, são sufocados com os cuidados e riquezas e deleites da vida, e não dão fruto com perfeição;

E a que caiu em boa terra, esses são os que, ouvindo a palavra, a conservam num coração honesto e bom, e dão fruto com perseverança.

 

Mateus 27:33-54

 

E, chegando ao lugar chamado Gólgota, que se diz: Lugar da Caveira,

Deram-lhe a beber vinagre misturado com fel; mas ele, provando-o, não quis beber.

E, havendo-o crucificado, repartiram as suas vestes, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançaram sortes.

E, assentados, o guardavam ali.

E por cima da sua cabeça puseram escrita a sua acusação: este e³ jesus, o rei dos judeus.

E foram crucificados com ele dois salteadores, um à direita, e outro à esquerda.

E os que passavam blasfemavam dele, meneando as cabeças,

E dizendo: Tu, que destróis o templo, e em três dias o reedificas, salva-te a ti mesmo. Se és Filho de Deus, desce da cruz.

E da mesma maneira também os príncipes dos sacerdotes, com os escribas, e anciãos, e fariseus, escarnecendo, diziam:

Salvou os outros, e a si mesmo não pode salvar-se. Se é o Rei de Israel, desça agora da cruz, e creremos nele.

Confiou em Deus; livre-o agora, se o ama; porque disse: Sou Filho de Deus.

E o mesmo lhe lançaram também em rosto os salteadores que com ele estavam crucificados.

E desde a hora sexta houve trevas sobre toda a terra, até à hora nona.

E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?

E alguns dos que ali estavam, ouvindo isto, diziam: Este chama por Elias,

E logo um deles, correndo, tomou uma esponja, e embebeu-a em vinagre, e, pondo-a numa cana, dava-lhe de beber.

Os outros, porém, diziam: Deixa, vejamos se Elias vem livrá-lo.

E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito.

E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras;

E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados;

E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos.

E o centurião e os que com ele guardavam a Jesus, vendo o terremoto, e as coisas que haviam sucedido, tiveram grande temor, e disseram: Verdadeiramente este era o Filho de Deus.

 

Todos: Glória a Ti, Senhor, glória a Ti.


Lembra-Te de nós, Senhor, quando vieres no Teu Reino.

Lembra-Te de nós, ó Mestre, quando vieres no Teu Reino.

Lembra-Te de nós, ó Santo, quando vieres no Teu Reino.

O coro celeste Te canta e diz: Santo, Santo, Santo é o Senhor Sabaoth: o céu e a terra estão cheios da Tua Glória.

Aproximai-vos Dele, e iluminai-vos; e vossas faces jamais se envergonharão.

O Coro celeste Te canta e diz: Santo, Santo, Santo é o Senhor Sabaoth: o céu e a terra estão cheios da Tua Glória.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo

O Coro dos santos anjos e arcanjos, com todas as virtudes celestes, Te canta e diz: Santo, Santo, Santo é o Senhor Sabaoth: o céu e a terra estão cheios da Tua Glória.

E agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém

 

Símbolo da Fé

 

Creio em um só Deus, Pai, Todo-Poderoso, / Criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis./ E em um só Senhor, Jesus Cristo, o Filho Unigênito de Deus, /gerado do Pai antes de todos os séculos. / Luz de luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro;/ gerado, não criado; consubstancial ao Pai; por quem todas as coisas foram feitas./ E por nós, homens, e para a nossa salvação desceu dos céus/ e encarnou pelo Espírito Santo e da Virgem Maria e Se fez Homem./ Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos,/ padeceu e foi sepultado. E ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras./ E ascendeu aos céus, e está sentado à direita do Pai./ E de novo há de vir, em glória, para julgar os vivos e os mortos e o Seu Reino não terá fim./ E no Espírito Santo, Senhor, Vivificante, que procede do Pai,/ e que com o Pai e o Filho é coadorado e coglorificado, e que falou pelos profetas./ E na Igreja, Una, Santa, Católica e Apostólica./ Confesso um só Batismo para a remissão dos pecados./ Espero a ressurreição dos mortos // e a vida do século futuro. Amém.

 

Esquece, apaga, purifica, perdoa, ó Deus, todas as nossas faltas voluntárias e involuntárias, cometidas por palavras ou atos, conhecidas de nós ou por nós ignoradas.



Pai Nosso.

Pai nosso, que estás nos Céus, Santificado seja o Teu Nome, venha o Teu Reino, seja feita a Tua vontade, como no Céu assim na terra. O Pão nosso de cada dia dá-nos hoje, perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores, e não nos conduzas à tentação, mas livra-nos do maligno.



Kondákions

 

Kondakion da Ressurreição, Tom IV

Meu Salvador e Libertador, / como Deus Tu libertaste de suas amarras aqueles nascido na terra, /e partiste em pedaços os portões do Inferno, / e ressus-citaste ao terceiro dia // como Mestre.

 

Kondákion São Longuinho, tom 4

A Igreja exulta de alegria no dia da comemoração do sempre lembrado mártir Longuinho, clamando: Tu és meu poder e minha confirmação, Ó Cristo.

 

Senhor, tem piedade.(12x)

 

Oração

 

Santíssima Trindade, poder consubstancial, realeza indivisível, origem de todos os bens, compraze-te também comigo, pecador; firma e esclarece o meu coração, lava-me de toda impureza e ilumina a minha razão, para que sem cessar eu glorifique, cante, adore e diga:

 

Coro: Um é o Santo, um é o Senhor, Jesus Cristo, para a glória de Deus Pai. Amém!

 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, e agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.

 

Salmo 33

 

Louvarei ao Senhor em todo o tempo; o Seu louvor estará continuamente na minha boca. A minha alma se gloriará no Senhor; os mansos o ouvirão e se alegrarão. Engrandecei ao Senhor comigo; e juntos exaltemos o Seu nome. Busquei ao Senhor, e Ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores. Olharam para Ele, e foram iluminados; e os seus rostos não ficaram confundidos. Clamou este pobre, e o Senhor o ouviu, e o salvou de todas as suas angústias. O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. Provai, e vede que o Senhor é Bom; bem-aventurado o homem que Nele confia. Temei ao Senhor, vós, os Seus santos, pois nada falta aos que O temem. Os filhos dos leões necessitam e sofrem fome, mas àqueles que buscam ao Senhor bem nenhum faltará. Vinde, meninos, ouvi-me; eu vos ensinarei o temor do Senhor. Quem é o homem que deseja a vida, que quer largos dias para ver o bem? Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano. Aparta-te do mal, e faze o bem; procura a paz, e segue-a. Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os Seus ouvidos atentos ao seu clamor. A face do Senhor está contra os que fazem o mal, para desarraigar da terra a memória deles. Os justos clamam, e o Senhor os ouve, e os livra de todas as suas angústias. Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito. Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas. Ele lhe guarda todos os seus ossos; nem sequer um deles se quebra. A malícia matará o ímpio, e os que odeiam o justo serão punidos. O Senhor resgata a alma dos Seus servos, e nenhum dos que Nele confiam será punido.

 

Megalinário

 

Verdadeiramente é digno que Te bendigamos, ó Bem aventurada Mãe do nosso Deus. Mais venerável que os Querubins e incomparavelmente mais gloriosa que os Serafins, deste à luz o verbo de Deus, conservando intacta a tua virgindade. Nós te glorificamos, ó Mãe de Deus

 

	

Senhor, tem piedade, (3x).

 

Senhor, abençoa.

 

Tu que ressuscitaste dos mortos, Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, pelas orações de Tua puríssima mãe, e de todos os santos, tem piedade de nós e salva-nos, pois Tu És Bom e Amigo do homem.

Coro:Amém.

 

Muitos Anos

 

Coro: Ao nosso Soberano e Senhor Pai Cirilo, / Santíssimo Patriarca de Moscou e toda Rússia, / e a nosso Senhor, o Eminentíssimo Inácio, / Metropolita do Brasil, da Argentina e da América do Sul, / nossos países protegidos por Deus /aos fiéis aqui reunidos, / e a todos os Cristãos Ortodoxos, / Senhor abençoa-os // por muitos e muitos anos.


 

 

 

 

 

 



Share This:



< PreviousNext >